Sistema Famato
SENAR
IMEA
       
Fale Conosco
 
Prorrogação da apresentação do georreferenciamento
VTN 2018
Imposto Territorial Rural - ITR 2018
   
 
 
11 de Fev de 2015

voltar
 
CONTRIBUIÇÃO SINDICAL RURAL PESSOA JURÍDICA
Produtor rural pessoa jurídica em débito com a Contribuição Sindical Rural pode emitir guia de pagamento via Internet
Ascom CNA
 

A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) lembra aos produtores rurais inscritos como pessoas jurídicas, cujo prazo para pagamento da Contribuição Sindical Rural venceu em 31 de janeiro, que ainda podem imprimir a guia de pagamento da contribuição (com juros e multas inclusos) pelo site www.canaldoprodutor.com.br. As guias geradas em fevereiro podem ser pagas até o último dia do mês em qualquer agência bancária ou via Internet.

 

O supervisor de Arrecadação da Famato, Thiago Paes de Barros, explica que emitir a guia via Internet é uma opção mais ágil para o pagamento, já que o boleto enviado às empresas via correio está com a data de vencimento para 31 de janeiro e o pagamento agora só pode ser feito nas agências do Banco do Brasil. "Pelo site o boleto já sai com o valor da contribuição acrescido da multa e dos juros e o contribuinte poderá pagar em seu banco, não precisando se deslocar até uma agência do Banco do Brasil", pontua Barros.

 

Após o vencimento, a Contribuição Sindical Rural pessoa jurídica deve ser paga acrescida da multa de 10%, nos 30 primeiros dias, com o adicional de 2% por mês subsequente de atraso, além de juros de mora de 1% ao mês e correção monetária. Após 90 dias do vencimento, o produtor que ainda não tiver efetuado o pagamento deverá entrar em contato com a Famato para solicitar a emissão da guia de pagamento da contribuição.

 

A contribuição é um tributo obrigatório, previsto na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), regulamentada pelo Decreto nº 1.166/1971. É considerada pessoa jurídica o produtor que possui imóvel rural ou empreende, a qualquer título, atividade econômica rural, enquadrado como "empresário" ou "empregador rural".

 

A empresa que deixar de fazer a contribuição sindical fica impedida de participar de processo licitatório e não obterá registro ou licença para funcionamento ou renovação de atividades para os estabelecimentos agropecuários.  Além disso, corre o risco de ser cobrada judicialmente pela falta de pagamento.

 

Para mais informações, os contribuintes de Mato Grosso também podem entrar em contato com o Núcleo de Arrecadação da Famato pelos telefones (65) 3928-4498, (65) 3928-4496, (65) 3928-4420 ou (65) 3928-4449.

 

Para imprimir a guia da Contribuição Sindical Rural 2015 acesse: http://www.canaldoprodutor.com.br/contribuicao-sindical/2a-via-contribuicao-sindical.

 

Quem tiver interesse em saber mais como funciona a contribuição e tirar dúvidas acesse a cartilha: http://www.canaldoprodutor.com.br/sites/default/files/contribuicao%20sindical%202015_web.pdf.



Fonte: Ascom Famato
 

VEJA TAMBÉM
 
Eventos
Cine Senar Brasnorte
 
Cenarium Rural
 
Galeria Multimídia
Videos
Fotos
Bom dia Senar MT - Sobre Funrural
A produção de etanol a partir do milho
MT tem potencial e visibilidade economica
 
 
       
   FWS   
 
   webmail   
 
e-Famato   
 
(65) 3928-4400
famato@famato.org.br
 
Rua Eng. Edgard Prado Arze, s/n
Centro Politico Administrativo
CEP 78.049.908 - Cuiabá-MT