Sistema Famato
SENAR
IMEA
       
Fale Conosco
 
Prorrogação da apresentação do georreferenciamento
VTN 2018
TV Famato, informação sempre perto de você
   
 
 
31 de Jan de 2017

voltar
 
REPRESENTATIVIDADE
Eleita hoje nova diretoria do Instituto Pensar Agro
Frente Parlamentar da Agropecuária
 

 

O produtor rural Fábio de Salles Meirelles Filho foi eleito hoje (31/01), por aclamação, para o biênio 2017/18, como presidente do Conselho de Administração do Instituto Pensar Agro (IPA). A chapa é composta ainda por Alexandre Pedro Schenkel, que é presidente da Associação Matogrossense dos Produtores de Algodão (Ampa) e assume a função de 1º vice-presidente, e por Marcos da Rosa, presidente da Aprosoja Brasil, que assume o cargo de 1º vice-presidente secretário. O diretor-executivo da União da Indústria de Cana de Açúcar (Única), Eduardo Leão de Sousa, e o diretor da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), Gil Pereira, foram eleitos, respectivamente, como 1º e 2º vice-presidentes tesoureiros. Fabio Meirelles substitui o produtor Ricardo Tomczyk.

 

Com sede em Brasília, o Instituto congrega 42 entidades representativas do setor produtivo rural que debatem estratégias para o desenvolvimento do agronegócio brasileiro. Foi criado em 2011 como uma associação de direito privado de âmbito nacional e sem fins lucrativos com a finalidade de apoiar programas, projetos e organizações da sociedade civil que trabalham para o desenvolvimento e os avanços do setor agropecuário numa articulação com as diversas áreas governamentais.

 

As entidades representativas do setor rural, que integram o IPA, dão suporte aos trabalhos da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), hoje integrada por 240 deputados e senadores, de diferentes partidos e ideologias, “todos defensores do agronegócio brasileiro,” como faz questão de afirmar o presidente da FPA, deputado Marcos Montes (PSD-MG), novo líder do partido na Câmara Federal.

 

A ideia de criação do Pensar Agro, como também é conhecido, surgiu da necessidade dos deputados e senadores da FPA de buscarem um assessoramento técnico para o melhor desenvolvimento de seus projetos ligados ao setor produtivo rural. O embrião desse projeto teve origem em 1988 durante os trabalhos da Constituinte.

 

Também são objetivos do IPA auxiliar na elaboração de programas e projetos que promovam a atividade agropecuária, articular empresas e fornecedores em torno do setor agropecuário, promover estudos e análises técnicas, assessorar a preparação ou acompanhamento legislativo de projetos de lei, emendas às Constituição, entre outros temas.

 

O deputado Nilson Leitão, que tomará posse na presidência da FPA dia 14 de fevereiro, reconhece que esse apoio do IPA é imprescindível às atividades dos parlamentares que abraçaram as causas que importam a todo o setor produtivo. “São essas entidades que nos fortalecem ao trazer seus pleitos, suas reivindicações, suas preocupações e nos apresentar suas bandeiras para que possamos defendê-las no Congresso Nacional”.



Fonte: Frente Parlamentar da Agropecuária
 

VEJA TAMBÉM
Famato alerta para a prorrogação de dívidas rurais de bovinocultores de corte e de leite
Famato discute a crise da pecuária brasileira
Famato participa da apresentação do Plano de Defesa Agropecuária
Normando Corral é eleito presidente da Famato para o triênio 2017-2019
 
Eventos

nenhum evento com foto
 
Cenarium Rural
 
Galeria Multimídia
Videos
Fotos
Bom dia Senar MT - Sobre Funrural
A produção de etanol a partir do milho
MT tem potencial e visibilidade economica
 
 
       
 
   webmail   
 
e-Famato   
 
(65) 3928-4400
famato@famato.org.br
 
Rua Eng. Edgard Prado Arze, s/n
Centro Politico Administrativo
CEP 78.049.908 - Cuiabá-MT