Sistema Famato
SENAR
IMEA
       
Fale Conosco
 
Projeto Rentabilidade no meio Rural em MT
Conexão Agruhub - Editais para Startups e Empresas
Fique informado com o Famato em Campo
   
 
 
08 de Ago de 2017

voltar
 
MISSÃO AGRIHUB
Tecnologia para combater nematóide de galhas chama a atenção dos mato-grossenses
Assessoria Sistema Famato
 

Uma conversa com o governo Israelense, visita a um fundo de investimento privado, a um kibutz e depois à uma fábrica de gotejadores. Além disso, muita troca de informação, conversas e discussões sobre novos projetos. Esta foi a agenda de segunda-feira (07.08) para o grupo de mato-grossenses que participa da missão AgriHub Israel 2017, realizada pelo Sistema Famato/SENAR-MT esta semana. E a novidade foi saber que uma das empresas visitadas está desenvolvendo uma tecnologia para combater nematóide de galhas.

O dia começou com uma reunião de trabalho com o representante do Ministério da Agricultura. Recebidos pelo diretor de projetos e tarefas especial, Daniel Werner, os mato-grossenses assistiram a uma palestra sobre Israel. Werner contou um pouco da história da agricultura do país e destacou que são líderes globais em conservação da água e em tecnologia. Porém efatizou que o governo israelense tem muito interesse em estreitar as relações com o Brasil. “Temos quatro situações em comum que é a questão do meio ambiente, a sustentabilidade, globalização e a intensificação nas atividades sustentáveis. Diante deste panorama acredito que temos muito a conversar”.

Desde sempre Israel enfrenta problema com a falta de chuva e investe no desenvolvimento de tecnologias para solucionar os problemas da agricultura e também fazer florescer o deserto. Para superar todas as dificuldades Israel passou a investir em tecnologia e se tornou um exportador de cibersegurança. No ano passado, as 350 empresas israelenses exportaram US$ 4 bilhões em produtos e serviços para o setor. “Essa conquista é um esforço conjunto entre governo, academia, investidores, startups e multinacionais”, ressaltou o diretor de projeto e tarefas especiais.

A segunda visita foi à Cópia Ag&Food, que é um fundo de investimento. Esta reunião de trabalho deixou os mato-grossenses bastante empolgados. O empresário e sócio da empresa Eal Cohen contou que investem em tecnologias desenvolvidas por empresa israelenses que possam agregar valor à cadeia de produção de alimentos.

Cohen aproveitou para apresentar as novas tecnologias. Qualidade e segurança de lácteos, controle de bactérias contaminantes através de método inovador e bio-nematicida para controle de nematóides de galhas fazem parte da lista. “Mas não é só isso, a empresa está investindo no desenvolvimento de outras tecnologias como o bio-pesticidas contra patógenos do floema, que é uma bactéria que controla doenças do floema das plantas e várias outras”.

A conversa se alongou um pouco porque o grupo de mato-grossenses quis saber sobre os investimentos da empresa e, principalmente, quando a tecnologia, bio-nematicida para controle de nematóides de galhas estará no mercado. “Pode ser dentro de seis meses ou até daqui a um ano”, respondeu o empresário e sócio da Cópia Ag&Food.

O Kibutz Hatzerim foi o palco da última reunião de trabalho do dia. Um dos membros mais antigos, Ofer Zilberbeg, levou o grupo para conhecer o local e contou como é a vida e as relações entre as pessoas que vivem no kibutz. “Somos em 475 pessoas e, apesar de um sistema bem democráticos, ainda somos um dos 45 que ainda são bastante tradicionais”.

Depois de conhecer um pouco mais sobre como é viver em um kibutz, o grupo que participa da Missão Agrihub Israel 2017 viu palestras e visitou a Netafim, empresa de irrigação por gotejamento, propriedade dos membros do kibutz. Fundada em 1965, a Netafim é uma empresa líder em soluções para irrigação com micro-irrigação e irrigação por gotejamento.

O diretor comercial para a América Latina, Niv Dardik, contou que a empresa está presente em 110 países, com 28 subsidiárias, 16 fábricas e quatro mil funcionários. “Nossa tecnologia é aplicada em agricultura, mineração e paisagismo, mas também trabalhamos com grandes culturas, como cana-de-açúcar e milho e, vale destaca  que já temos representante em Mato Grosso”.

 



Fonte: Assessoria Sistema Famato
 

VEJA TAMBÉM
Famato visita Sindicatos Rurais de Mato Grosso
WND Brasil vai lançar rede de Internet das Coisas dedicada ao Agronegócio Brasileiro
AgriHub cria edital permanente para a participação de empresas e startups
Sistema Famato estreita relacionamento com universidades americanas
 
Eventos

nenhum evento com foto
 
Cenarium Rural
 
Galeria Multimídia
Videos
Fotos
A produção de etanol a partir do milho
MT tem potencial e visibilidade economica
TV Band - Imea divulga estudo
 
 
       
   FWS   
 
   webmail   
 
e-Famato   
 
(65) 3928-4400
famato@famato.org.br
 
Rua Eng. Edgard Prado Arze, s/n
Centro Politico Administrativo
CEP 78.049.908 - Cuiabá-MT