Sistema Famato
SENAR
IMEA
       
Fale Conosco
 
Projeto Rentabilidade no meio Rural em MT
Fique informado com o Famato em Campo
Conexão Agruhub - Editais para Startups e Empresas
   
 
 
10 de Nov de 2017

voltar
 
DA PESQUISA AO CAMPO
Professor do Texas mostra a importância das pesquisas para a tomada de decisão do produtor rural
Revele
 

Gerar informações que permitam a tomada de decisão rápida e acertada para resolver conflitos locais que influenciam na produção de alimentos em diversas partes do mundo é o principal objetivo das pesquisas desenvolvidas atualmente pelo professor da Universidade do Texas Jay Angerer. O professor apresentou dados das pesquisas em uma participação especial na cerimônia da 3ª edição do Prêmio Sistema Famato em Campo, realizada quinta-feira (09/11), na sede da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), em Cuiabá.

 

Segundo Jay, as mudanças repentinas no clima e a ocorrência de catástrofes climáticas, como uma estiagem prolongada e tempestades, são alguns dos fatores que mais afetam a produção de alimentos de forma global. Jay afirmou que as pesquisas precisam mostrar a variação desses riscos para melhorar os sistemas de decisões. “A intenção é fornecermos aos produtor rural informações para que ele possa adaptar as condições do seu manejo e estar preparado quando enfrentar os riscos”.

 

O acesso aos mercados, o aumento da população mundial e a necessidade de produzir cada vez mais alimentos sem a expansão de novas áreas são outros desafios que os produtores precisam enfrentar. Por isso, mais que produzir informações e dados que auxiliem na tomada de decisão, as universidades necessitam traduzir essas informações para que ações que mitiguem riscos sejam tomadas o mais rápido possível.

 

Jay explicou que o acesso à informação já não é um problema, mas a forma com que ela é usada pode ser. Para ele, o desafio da academia é fazer as informações chegarem de forma fácil ao campo.  “Para isso, o auxílio do produtor é extremamente necessário. Precisamos saber que tipo de informação vocês querem, como ela deve chegar até vocês e como podemos melhorar”, disse Jay aos produtores presentes no evento.

 

Inovações - O uso de modelagem computacional que simule diversos cenários, como o crescimento de uma cultura ou o consumo da pastagem pelos animais, que permitam ao produtor saber quais os resultados terá se fizer alterações em seu manejo antes de colocá-lo em campo é uma das ferramentas inovadoras desenvolvidas por pesquisadores que já está sendo usada por produtores.

 

“Para chegar a essa simulação são usados diversos dados, entregando assim resultados muito próximos à realidade. A ideia dessa modelagem é permitir que o produtor faça inúmeras simulações sem precisar fazê-las no campo, gerando economia de tempo e de dinheiro”, explicou Jay.

 

Os sistemas de alertas precoces são inovações que estão sendo testadas no campo. “Quanto antes conhecer o problema, mais tempo há para a tomada de decisão. Em uma situação de seca, por exemplo, o produtor pode montar antecipadamente a estratégia de venda dos seus animais ou o governo pode adotar políticas que auxiliem ao produtor, permitindo que se passe pelo problema sem grandes traumas”, exemplificou o professor.

O balanço entre a produção otimizada e a sustentabilidade também é uma ferramenta que está sendo desenvolvida pela Universidade do Texas para melhorar a tomada de decisão.

 

“Para a Famato é uma grande satisfação receber um professor americano que desenvolve pesquisas no agro. A Federação, o Imea e o Senar estão sempre em busca de parcerias para contribuir com pesquisas direcionadas ao nosso setor. Acreditamos que é por meio da ciência que a produção rural continuará crescendo em Mato Grosso e no mundo”, destacou o presidente do Sistema Famato, Normando Corral.

 

Parceria - Em Mato Grosso, em parceria com o campus de Sinop da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), o professor começou pesquisas para construir sistemas de apoio à tomada de decisão para melhorar o manejo de pastagens e gado no estado.

 

“Precisamos da ajuda de todos vocês para que os modelos que estamos desenvolvendo sejam os melhores possíveis.  A ideia é estreitar a comunicação entre nós, academia, e vocês, produtores. Contamos com a colaboração no fornecimento de dados e um feedback das inovações para juntos ajudarmos a resolver os problemas locais e em outras partes do mundo e continuarmos assim atendendo à demanda mundial por alimentos”, finalizou Jay.

 



Fonte: Ascom Famato
 

VEJA TAMBÉM
Professor da Universidade do Texas fará palestra durante a entrega do Prêmio Sistema Famato
Propriedades finalistas da 3ª edição do Prêmio Sistema Famato em Campo são selecionadas
Propriedades finalistas da 3ª edição do Prêmio Sistema Famato em Campo são selecionadas
Inscrições para o Prêmio Sistema Famato em Campo terminam na próxima semana
 
Eventos

nenhum evento com foto
 
Cenarium Rural
 
Galeria Multimídia
Videos
Fotos
A produção de etanol a partir do milho
MT tem potencial e visibilidade economica
TV Band - Imea divulga estudo
 
 
       
   FWS   
 
   webmail   
 
e-Famato   
 
(65) 3928-4400
famato@famato.org.br
 
Rua Eng. Edgard Prado Arze, s/n
Centro Politico Administrativo
CEP 78.049.908 - Cuiabá-MT