Sistema Famato
SENAR
IMEA
       
Fale Conosco
 
Prorrogação da apresentação do georreferenciamento
VTN 2018
Imposto Territorial Rural - ITR 2018
   
 
 
19 de Dez de 2017

voltar
 
MARATONA DO AGRONEGÓCIO
Equipe vencedora do Dev.Agri 4 cria plataforma de pesagem de gado através de foto
Dev.Agri
 

A equipe El Toro de Sinop, composta por cinco membros sendo dois professores e três alunos, venceu o Dev.Agri 4 em Rondonópolis. O evento aconteceu entre os dias 14 e 16 de dezembro. A equipe desenvolveu uma plataforma algorítmica para pesagem de gado por contagem de pixel. A partir de uma foto os animais são analisados por dois ângulos para chegar ao peso. A plataforma conseguirá chegar de 85% a 90% de precisão. Para a contagem e controle a equipe propôs o uso de rastreadores no brinco do animal.

De acordo com o participante da El Toro Rodrigo Paiva, em um segundo momento a ideia é inserir todo esse processo em um aplicativo. “O problema proposto pela organização foi bastante abrangente e o tempo foi curto, já que as ideias vão surgindo enquanto vamos desenvolvendo o trabalho. Agora, em um segundo momento pretendemos inserir a plataforma em um aplicativo que será desenvolvido pela equipe”, explicou Paiva que também é professor de Análise de Desenvolvimento de Sistemas.


O vice-presidente da Famato, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, padrinho da edição em Rondonópolis, disse que todos saíram vencedores dessa maratona e que a iniciativa do Sistema Famato abre caminhos, aproximando o campo de uma geração extremamente ágil, capaz de levar essa nova “revolução” para o meio rural.


O Dev.Agri é uma iniciativa da comunidade para o AgriHub que tem como principal objetivo conectar o produtor rural a startups que oferecem soluções práticas para os gargalos do campo. O AgriHub foi idealizado pela Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT) e Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).


A ideia Dev.Agri é estimular “cabeças pensantes” a desenvolverem ideias inovadoras e soluções digitais para o setor rural mato-grossense. Nesta edição o tema do Dev.Agri foi voltado para a cadeia da pecuária.


As propostas foram julgadas por uma banca de três pecuaristas da região oeste do estado. Estudantes, doutores, graduados e desenvolvedores, em um misto de ideias e conhecimentos, estiveram unidos durante 53 horas ininterruptas para resolver o problema “A pesagem do gado com o mínimo de interferência humana e a pesagem sem balança de preferência a pasto”, apresentado pela organização do evento.


“Uma nova geração de jovens estudantes se uniu aos mais experientes para solucionar velhos problemas identificados no setor agropecuário. Todos concentrados em prol das tecnologias desenvolvidas para o agronegócio, desta vez especialmente para a pecuária”, explicou Heygler de Paula, responsável pelo AgriHub. 


Um dos diferenciais da 4ª edição é que as oito equipes inscritas tiveram contato direto com os animais. Os participantes foram em uma propriedade rural, onde tiveram a oportunidade de conhecer o sistema de produção. Também visitaram os animais do Parque de Exposições de Rondonópolis onde a maratona aconteceu. Todos ficaram atentos para encontrar um problema, além dos que foram apresentados na maratona, para com suas expertises em softwares, hardwares e outros tipos de conhecimentos ajudarem a encontrar soluções.


A mobilização dos participantes para a 4ª edição chamou a atenção da organização da maratona. Somente de Sinop estavam 12 pessoas, entre estudantes e professores, boa parte mestres e doutores. Também havia participantes de Lucas do Rio Verde, Barra do Bugres, Rondonópolis e Cuiabá. “É surpreendente perceber que a cada edição mais pessoas se sentem desafiadas a participar do Dev.Agri. E a ideia é justamente essa, provocar através de problemas levantados no agronegócio mato-grossense e porque não dizer brasileiro, estudantes, pesquisadores, doutores, assim como tivemos nessa edição um doutor em engenharia agrícola, desenvolvedores e especialistas de outras áreas a criarem soluções para os problemas do campo”, discorreu Heygler de Paula.


Para o produtor rural e mentor de pecuária do Dev.Agri Adolfo Petry, todas as equipes obtiveram reconhecimento pela participação, mas a organização premiou com troféu a equipe vencedora e com menção honrosa o estudante Alexsandro Pereira Garcia da equipe Agritec que, por problemas pessoais foi destituída de todos menos um membro durante a prova. Por persistência, o desenvolvedor e futuro analista de sistemas, Alexsandro, teve a atitude de permanecer até o final, o que chamou a atenção dos mentores. “O jovem Alex teve atitude, o que para mim é um dos principais quesitos para uma pessoa vencer na vida, seja em qualquer situação. E nada mais justo que o Sistema Famato reconheça a atitude dele”, disse Petry.


 



Fonte: Ascom Famato
 

VEJA TAMBÉM
Guia do Investidor apresenta as principais oportunidades do Agro de Mato Grosso
Projeto do Sistema Famato viabiliza integração com instituições de pesquisa
No campo estão as áreas preservadas do país
Agilidade de acontecimentos marca abertura de seminário
 
Eventos
Cine Senar Brasnorte
 
Cenarium Rural
 
Galeria Multimídia
Videos
Fotos
Bom dia Senar MT - Sobre Funrural
A produção de etanol a partir do milho
MT tem potencial e visibilidade economica
 
 
       
   FWS   
 
   webmail   
 
e-Famato   
 
(65) 3928-4400
famato@famato.org.br
 
Rua Eng. Edgard Prado Arze, s/n
Centro Politico Administrativo
CEP 78.049.908 - Cuiabá-MT