Conselho de Avicultura de Corte pede apoio da Famato para fortalecer o setor
Sistema Famato
SENAR
IMEA
       
Fale Conosco
 
VTN 2018
Prêmio Sistema Famato em Campo
TV Famato, informação sempre perto de você
   
 
 
01 de Mar de 2018

voltar
 
REPRESENTATIVIDADE
Conselho de Avicultura de Corte pede apoio da Famato para fortalecer o setor
Ascom Famato
 

O Conselho Estadual de Avicultura Integrada de Frango de Corte do Estado de Mato Grosso, representado pelo presidente José Leonardo Maito e membros que compõem o conselho, esteve reunido na tarde de quarta-feira (28/02) com o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Normando Corral, para solicitar apoio e a representatividade da entidade em prol do setor avícola em Mato Grosso com os avicultores, empresas integradoras e os poderes públicos Estadual e Federal. O encontro aconteceu no Edifício Famato, em Cuiabá.


O Conselho foi criado por representantes de Associações municipais de integrados de aves de corte do estado no dia 18 de janeiro deste ano, com o objetivo de selar parcerias com entidades de representatividade estadual e nacional, como a Famato, Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e empresas integradoras do setor avícola no estado, BRF e JBS, para fortalecer o setor.


O presidente do Conselho José Maito solicitou para a Famato apoio técnico de especialistas, como já vem recebendo da Federação antes mesmo da criação do Conselho por meio do analista de pecuária da Famato, Marcos de Carvalho, assim como apoio político e jurídico para negociações com as empresas integradoras, já que em 2016 entrou em vigor a Lei da Integração N° 13.288.  


O Conselho também apontou a necessidade de as associações do estado serem atendidas, com estudos específicos do custo de produção de cada município, produzidos pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). O presidente Normando Corral garantiu que vai analisar o pedido, juntamente com as entidades mantenedoras do Imea, para saber da disponibilidade do trabalho, visto que o Instituto faz estudos e estatísticas de produção de praticamente todas as cadeias produtivas de Mato Grosso.


Na pauta também estava a necessidade de registros de granja no Indea, a participação de membros do Conselho nas reuniões da Comissão de Aves e Suínos da CNA e discussão das regras de financiamento e viabilidade dos projetos do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO).


Maito agradeceu, em nome de todos os membros do Conselho, ao Sistema Famato e ao presidente Normando Corral pelo apoio e comprometimento com o setor produtivo. “A Famato, em parceria com a CNA, fez uma força tarefa nos municípios de Tangará da Serra, Campo Verde, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Nova Marilândia para levar esclarecimentos, por meio de palestras, sobre a Lei da Integração em fevereiro de 2017. "Com esta iniciativa os avicultores tiveram a oportunidade de entender melhor sobre a legislação e tirar dúvidas sobre o assunto”, afirmou Maito.


O vice-presidente Clodoaldo Gomes Lima acredita que com o apoio da Famato o setor avícola de Mato Grosso poderá vencer as dificuldades e com isso expandir suas atividades, assim como os estados do Paraná e de Santa Catarina.   


Dados da avicultura - Mato Grosso é o 7º em abate de frango no Brasil e o 8º em exportação. Atualmente, o volume de abate diário é de 895 mil aves, que são produzidas por cerca de 460 produtores. O estado abriga 2.003 aviários, gerando nas granjas 1.926 empregos diretos e 5.778 empregos indiretos. Já na indústria são 7.790 diretos e 23.370 indiretos.


São participantes do Conselho: a Associação Campoverdense de Avicultura (Acav); Associação dos Avicultores de Nova Marilândia (Avimar); Associação dos Integrados da Perdigão Agroindustrial (AIP) de Nova Mutum, Associação dos Avicultores de Tangará da Serra (Avitan) e a Famato.


 

 



Fonte: Ascom Famato
 

VEJA TAMBÉM
Comunicado sobre o Fethab 2
Inscrições para o 4º Prêmio Sistema Famato em Campo são prorrogadas para até 30 de agosto
Sistema Famato lamenta o falecimento do ex-presidente do SR de Poconé
Projeto do Sistema Famato viabiliza integração com instituições de pesquisa
 
Eventos
Cine Senar Brasnorte
 
Cenarium Rural
 
Galeria Multimídia
Videos
Fotos
Bom dia Senar MT - Sobre Funrural
A produção de etanol a partir do milho
MT tem potencial e visibilidade economica
 
 
       
   FWS   
 
   webmail   
 
e-Famato   
 
(65) 3928-4400
famato@famato.org.br
 
Rua Eng. Edgard Prado Arze, s/n
Centro Politico Administrativo
CEP 78.049.908 - Cuiabá-MT