Sistema Famato
SENAR
IMEA
       
Fale Conosco
 
Prorrogação da apresentação do georreferenciamento
VTN 2018
TV Famato, informação sempre perto de você
   
 
 
11 de Mai de 2018

voltar
 
SEMINÁRIO
Compreender o sistema Judiciário é vital para o produtor rural
Arquivo
 

Meteorologia, Bolsa de Valores, macroeconomia, meio ambiente, marketing. A lista de assuntos que o produtor rural contemporâneo precisa manejar hoje em dia vai muito além da agronomia, zootecnia e veterinária. Mais recentemente, o sistema judiciário tem recebido destaque também, em função da judicialização de vários aspectos da produção agropecuária no Brasil.

"A curto prazo, tivemos pelo menos dois grandes momentos em que a atividade rural foi severamente impactada por decisões jurídicas: a aprovação do Código Florestal e a volta do caráter constitucional da cobrança do Funrural. Esses são dois exemplos rápidos que mostram a importância do judiciário para nós", observa a gestora do Núcleo Jurídico da Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Elizete Araújo Ramos. 

Levar à sociedade e, principalmente, ao judiciário, o conhecimento de todos os aspectos da produção agropecuária é o principal objetivo do seminário "A Multidisciplinaridade do Agronegócio e os Reflexos no Sistema Judicial", que ocorre em 24 e 25 de maio, no Cenarium Rural, em Cuiabá. O evento está em sua quarta edição e é realizado pela Famato, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT) e Instituto Brasileiro de Estudos Jurídicos e Multidisciplinares do Agronegócio (IBEJMA), com apoio do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT). 

Não é exagero afirmar que, em muitos aspectos, o Judiciário está decidindo os rumos do desenvolvimento agropecuário no país. "Temos várias matérias pendentes de julgamento, que aguardam posicionamento do Supremo Tribunal Federal (STF). O maior complicador é que as decisões demoram em média quatro anos para serem tomadas, gerando passivos aos produtores", explica a gestora.

Além do trâmite propriamente dito dos processos, outro aspecto que influencia diretamente a atividade rural é a relativa desinformação por parte de advogados e juízes sobre questões técnicas do cotidiano de uma propriedade rural. "De maneira geral, ainda persiste um equívoco sobre nossa atividade. Entendemos que é papel da Famato, como entidade representativa de classe, combater mitos e desinformação, e o seminário é uma excelente iniciativa nesse sentido", afirma o presidente do Sistema Famato, Normando Corral.

O seminário é gratuito. As inscrições podem ser feitas pelo link http://bit.ly/seminarioagronegocio, até o dia 21. A programação é interdisciplinar e engloba temas muitos úteis para os produtores rurais, como tecnologia, macroeconomia, questão fundiária, segurança jurídica e contratos. "É uma via de mão dupla. O produtor tem o que aprender com o Judiciário, e o Judiciário tem o que aprender com o produtor. Essa é a importância de mantermos esse seminário na agenda institucional da Famato", endossa Elizete Ramos.

O evento também tem o apoio das demais entidades que compõem o Fórum Agro MT (Aprosoja, Ampa, Acrimat e Aprosmat) e da OAB-MT.



Fonte: Ascom Famato
 

VEJA TAMBÉM
STJ inspira-se na Famato e promove evento para discutir sobre o Agro
Guia do Investidor apresenta as principais oportunidades do Agro de Mato Grosso
Projeto do Sistema Famato viabiliza integração com instituições de pesquisa
No campo estão as áreas preservadas do país
 
Eventos

nenhum evento com foto
 
Cenarium Rural
 
Galeria Multimídia
Videos
Fotos
Bom dia Senar MT - Sobre Funrural
A produção de etanol a partir do milho
MT tem potencial e visibilidade economica
 
 
       
 
   webmail   
 
e-Famato   
 
(65) 3928-4400
famato@famato.org.br
 
Rua Eng. Edgard Prado Arze, s/n
Centro Politico Administrativo
CEP 78.049.908 - Cuiabá-MT