Sistema Famato
SENAR
IMEA
       
Fale Conosco
 
   
 
 
24 de Abr de 2019

voltar
 
AGRIHUB
Tecnologia passada para gerações
Ascom Famato
 

Desde os cinco meses de vida o produtor rural Rafael Kümmel, hoje com 38 anos, mora na fazenda Dr. Paulo, em Nova Mutum, no médio-norte de Mato Grosso. Aprendeu com seu pai e avô que para os negócios prosperarem era importante investir em tecnologia no campo. O pai e o avô faleceram, mas, além da saudade, o aprendizado perdura até hoje.

 

Graças a esse incentivo familiar e aos conhecimentos adquiridos ao longo dos anos, Rafael vem aplicando tudo o que há de mais moderno e tecnológico na fazenda em busca de resultados positivos. "Meu pai e meu avô sempre buscaram qualidade de serviço para otimizar os resultados na fazenda. Se não fossem eles, não estaríamos onde estamos hoje", recorda.

 

Atualmente, o maior desafio é conseguir qualificar as pessoas com tecnologia. "Mas eu aprendo, ensino os funcionários e cobro acompanhando o rendimento de cada um", diz.

 

Rafael e seu primo João Paulo assumiram a liderança da fazenda de 2.800 hectares em 2007. Uma das tecnologias implantadas e que garantiu reduzir os custos em aproximadamente 19% foi a agricultura de precisão. De lá para cá já fizeram vários tipos de testes. "Depois que descobrimos os caminhos da tecnologia fomos evoluindo. Escutamos todas as propostas, mas só aplicamos o que achamos mais apropriado para nós", relata Rafael.

 

Entre as melhores escolhas, segundo ele, estão as tecnologias adotadas para o monitoramento de pragas, que contribuíram substancialmente para reduzir o uso de inseticidas. A conectividade para este tipo de monitoramento nos talhões foi implantada há um mês e tem gerado bons resultados.

 

Para conferir de perto esse trabalho, uma equipe do projeto AgriHub foi até a fazenda Dr. Paulo esta semana (22). Além de conhecer o que vem sendo feito na propriedade para monitorar as pragas nas lavouras de soja, milho e algodão, foi estruturado um roteiro de ideias e ações que serão apresentadas aos produtores rurais que fazem parte da Rede de Fazendas Alfa do projeto.

 

No dia 23, a equipe do AgriHub reuniu-se junto com o Rafael no Sindicato Rural de Nova Mutum para apresentar a metodologia AHP (Analytic Hierarchy Process) que será aplicada aos produtores Alfas. O objetivo da ferramenta é auxiliá-los nas tomadas de decisões.

 

"Como cada produtor tem um nível de maturidade tecnológica diferente, acreditamos que não existe uma solução excelente para todos. Por isso, queremos ajudar cada produtor a encontrar, de maneira consciente, a melhor solução para o seu caso e assim gerar resultados positivos", explica o superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), responsável pelo AgriHub, Otávio Celidonio.

 

Durante a reunião, o consultor do AgriHub, Maurício Nicocelli, apresentou algumas das soluções disponíveis no mercado para monitoramento de pragas e que serão avaliadas pelos produtores da Rede de Fazendas Alfa do AgriHub em um próximo encontro na fazenda Dr. Paulo nos dias 23 e 24 de maio.

 

O AgriHub é uma iniciativa da Famato, Senar-MT e Imea, cujo objetivo é identificar os problemas dos produtores rurais e os conectar a startups, mentores, empresas de tecnologia, pesquisadores e investidores para desenvolver soluções e promover o melhor ajuste de tecnologias ao campo.



Fonte: Ascom Famato
 

VEJA TAMBÉM
AgriHub e Imea estarão na Agrishow em Ribeirão Preto
AgriHub estará no Startup Weekend Maringá
Tecnologia pode ajudar o produtor a atrair novos investidores
AgriHub promove o primeiro MeetAgro em Cuiabá
 
Eventos
16ª Expotapurah
15ª Expoband
20ª Expocas
 
Cenarium Rural
 
Galeria Multimídia
Videos
Fotos
Bom dia Senar MT - Sobre Funrural
A produção de etanol a partir do milho
MT tem potencial e visibilidade economica
 
 
       
 
   webmail   
 
e-Famato   
 
(65) 3928-4400
famato@famato.org.br
 
Rua Eng. Edgard Prado Arze, s/n
Centro Politico Administrativo
CEP 78.049.908 - Cuiabá-MT