Sistema Famato
SENAR
IMEA
       
Fale Conosco
 
   
 
 
23 de Out de 2019

voltar
 
FEIJÃO E PULSES
CNA reúne produtores e exportadores para impulsionar cadeias de feijão e pulses
Wenderson Araújo
 

Brasília (23/10/2019) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) realizou na terça (22) o I Encontro de Produtores e Exportadores de Feijão e Pulses para impulsionar o desenvolvimento destas cadeias produtivas com foco no comércio exterior. A reunião aconteceu na sede CNA, em Brasília,

Pulses são leguminosas secas como grão-de-bico, ervilha e lentilhas e as variedades de feijão. China, Índia, Emirados Árabes, Turquia e Egito são os países que mais importam esses alimentos e o Brasil tem potencial para aumentar sua produção, tendo em vista que ainda é importador de lentilhas e grão-de-bico.

O objetivo do encontro foi levantar as demandas dos produtores rurais e conhecer a experiência dos exportadores para elaboração de uma agenda positiva para o setor, conforme explicou o vice-presidente da Comissão Nacional de Cereais, Fibras e Oleaginosas da CNA, Ricardo Ariolli.

Participaram do evento produtores de feijão e pulses de Minas Gerais, Mato Grosso, São Paulo, Bahia e Goiás, além de representantes de sindicatos de produtores rurais.

O superintendente técnico da CNA, Bruno Lucchi, apresentou a atuação da Confederação por meio das Comissões Nacionais e das câmaras setoriais do Ministério da Agricultura e outros fóruns para defender os interesses dos produtores rurais e promover o desenvolvimento da agropecuária brasileira.

“Criamos a oportunidade para melhorar a situação econômica e alavancar a produção de feijão e pulses. A intenção é que possamos repetir esses encontros com agendas específicas para podemos elevar a competitividade desses produtores rurais”, pontuou.

O panorama do mercado internacional e as potencialidades de exportação destes produtos foram apresentados pela superintendente de Relações Internacionais da CNA, Ligia Dutra.

“Além do feijão, o Brasil tem potencial produtivo de outras variedades de pulses que são bastante apreciadas em outros países, mas para conquistar outros mercados é importante identificar as oportunidades e produzir em maior escala para venda”, destacou Lígia.

Para o produtor de feijão em Unaí (MG), Carlos Eduardo Vilas Boas, a iniciativa da CNA em reunir representantes do setor produtivo, da comercialização e pesquisadores foi bastante esclarecedora, tendo em vista que ele tem a intenção de plantar novas variedades de feijão já em fevereiro de 2020 com foco no mercado internacional. 

“Em diversos momentos, o produtor se depara com situações em que tem de comercializar sua produção abaixo do preço de custo. Então, o mercado externo serve como um balizador para diminuir a oscilação do mercado interno. Além disso, temos a possibilidade de produzir variedades de feijão diferentes daquelas consumidas pelos brasileiros”, observou.

Para Iuri Bruns, sócio da Samba Internacional, empresa exportadora de feijão e pulses, a demanda por esses alimentos brasileiros sofre oscilação. “É importante mostrar no mercado externo que existe uma produção consistente desses produtos para atender a demanda internacional, principalmente de países que são bons pagadores. Aliado a isso, é importante elaborar estratégia de trabalho e dominar tecnologias de produção”, declarou.

Pesquisadores da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) apresentaram aos participantes do encontro as novas tecnologias de cultivares para produção de feijão e pulses.

Durante o evento, a CNA anunciou que está elaborando uma tabela de classificação de feijão e pulses em parceria com a Embrapa. O material deve ser apresentado ao Ministério da Agricultura ainda neste ano.

 

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419

flickr.com/photos/canaldoprodutor

cnabrasil.org.br

twitter.com/SistemaCNA

facebook.com/SistemaCNA

instagram.com/SistemaCNA

facebook.com/SENARBrasil

 



Fonte: Assessoria de Comunicação CNA
 

VEJA TAMBÉM
Receita Federal prorroga para 30 de junho o prazo de entrega da declaração de Imposto de Ren
Medidas propostas por CNA para mitigar crise são corretas, diz Normando Corral
Validades das Certidões Negativas de Débitos são prorrogadas por 90 dias
Ministério da Agricultura prorroga validade da declaração de aptidão do Pronaf por seis mese
 
Eventos
16ª EXPOBAND 2020
17ª EXPOTAPURAH
EXPORIO
NORTE SHOW
 
Cenarium Rural
 
Galeria Multimídia
Videos
Fotos
Bom dia Senar MT - Sobre Funrural
A produção de etanol a partir do milho
MT tem potencial e visibilidade economica
 
 
       
 
   webmail   
 
e-Famato   
 
(65) 3928-4400
famato@famato.org.br
 
Rua Eng. Edgard Prado Arze, s/n
Centro Politico Administrativo
CEP 78.049.908 - Cuiabá-MT